A(s) carreira(s) de um professor


Ser professor em nosso país não é uma tarefa fácil: falta infraestrutura nas escolas públicas, materiais, tecnologias e a desigualdade social é extremamente evidente na sala de aula. Além de diversos outros fatores que poderíamos citar, há a desvalorização dessa profissão que é baseada em mitos como "o professor não terá um bom salário" e que "ser professor foi o que restou, pois não havia outra opção". A partir dessa desvalorização, o preconceito e o desrespeito frente a essa profissão se tornam ainda mais comuns; e o que se pode esperar de um país em que o presidente não valoriza os professores e nem a educação?


Porém, apesar dos aspectos negativos citados, essa profissão deve ser incentivada e valorizada e é sobre isso que falaremos neste post. O professor ainda é o responsável por grande parte da formação dos alunos, não só escolar, mas também pela formação crítica, cidadã e humana dos educandos. De fato, o "ensinar" não se baseia mais em apenas "passar o conteúdo", mas sim em formar alunos que saibam ser críticos, humanos e que construirão uma sociedade ainda melhor. O professor continua sendo a base para todas as profissões: todo engenheiro, advogado, médico, arquiteto, administrador, etc foi antes um aluno e teve professores que ensinaram e marcaram sua vida.


Dada a importância dessa profissão, é nossa tarefa como profissionais da área de linguagens e humanas mostrar também que o professor pode escolher diferentes carreiras para seguir.


Primeiramente, devemos entender a diferença entre bacharelado e licenciatura.


Bacharelado

O bacharelado é um curso de nível superior que pode durar entre 3 e 6 anos e que é oferecido em faculdades públicas e privadas, podendo ser à distância ou presencial. Ele é visto como generalista, pois oferece uma visão ampla da área e permite o aluno de se especializar por meio de pós-graduações. O bacharelado também oferece ampla possibilidades de carreira, visto que, durante o curso, o aluno terá contato com diferentes áreas. Quem se forma nesse tipo de curso, recebe o diploma de bacharel.


Licenciatura

A licenciatura, assim como o bacharelado, também é um curso de nível superior que é oferecida tanto em faculdades públicas quanto privadas, à distância ou presencial, mas que pode durar entre 4 e 6 anos. A diferença é que a licenciatura forma alunos que poderão lecionar, ou seja, que poderão dar aulas desde o ensino fundamental II até o Ensino Médio. Portanto, é um curso que forma professores e educadores, diferente do bacharelado.


Muitas pessoas também se confundem e acham que, como o indivíduo se formou como professor, ele "só" deve lecionar para crianças, o que não é verdade. É claro que o professor pode dar aulas para classes do fundamental, mas também pode lecionar para o Ensino Médio, ou em faculdades, podendo ser professor de graduação, pós-graduação ou até seguir carreira acadêmica. Por isso, a seguir, daremos um panorama geral sobre essas possíveis carreiras.


Pedagogia

Esse também é um curso de nível superior, oferecido em faculdades públicas ou privadas, à distância ou presencial. Dura em torno de 4 anos e capacita o aluno de lecionar em escolas até o quinto ano (Ensino Fundamental I) como professor multidisciplinar, ou seja, que ensina matérias de português, ciências, geografia, história, filosofia, etc. O pedagogo, ao contrário do que muitos pensam, pode trabalhar em outros lugares além de escola e exercer outras atividades além de lecionar.


O aluno formado em pedagogia pode atuar em instituições de ensino como professor, mas também como supervisor, psicopedagogo, orientador pedagógico ou diretor, além de lecionar para adultos que não terminaram seus estudos ou que não tiveram acesso à educação. Também pode trabalhar em órgãos públicos, fiscalizando e coordenando programas e políticas públicas educacionais. Além desses setores, o pedagogo também pode trabalhar em instituições culturais, orientando atividades educativas em museus, bibliotecas ou em centros culturais. Por último, ele pode trabalhar em editoras, elaborando e analisando materiais didáticos, programas e atividades. O estudante de pedagogia pode optar por seguir carreira acadêmica e fazer pesquisas em educação. Portanto, o pedagogo possui diferentes opções para seguir carreira.


Licenciatura em Letras

Como já explicamos o que é a licenciatura, iremos focar na licenciatura em letras. Esse curso tem o objetivo de formar professores de língua portuguesa ou de línguas estrangeiras como o inglês, francês, espanhol, etc. O estudante de letras estuda a literatura, a gramática, a linguística, a pedagogia e outros temas que também se relacionam com a educação e com o ato de ensinar. O aluno desse curso pode lecionar desde o Ensino Fundamental II até o Ensino Médio em escolas públicas ou particulares, em cursinhos (seja dando aulas ou em plantões de dúvidas), em escolas de idiomas ou até para a educação de adultos.


O estudante também pode exercer a profissão no ramo empresarial e editorial, podendo trabalhar com a revisão de textos de diversas áreas, editoração, produção de textos ou como intérprete/tradutor. Além dessas possibilidades, o aluno também pode ser autônomo, oferecendo aulas particulares de português, por exemplo, ou de redação. Portanto, conclui-se que o licenciado em letras terá diversas opções no mercado de trabalho.


Pós-Graduação

Como já vimos, ser professor não se limita a lecionar somente em escolas de Ensino Fundamental e Médio, muito pelo contrário, é possível lecionar em faculdades, tanto em cursos de graduação quanto em cursos de pós-graduação. Para isso, é necessário muito estudo e dedicação.


Para lecionar nas escolas, é necessário somente ter a graduação. Porém, para dar aulas nos cursos de graduação de alguma faculdade, é imprescindível possuir formação em pós-graduação, podendo ser MBA, mestrado ou doutorado. O tipo de pós necessária irá depender do que a universidade exige.


Dentre os tipos de pós-graduação que existem, estão as de stricto sensu (sentido restrito) e as de lato sensu (sentido amplo). No primeiro grupo, encaixam-se o mestrado profissional (mais voltado para a área empresarial), o mestrado acadêmico (voltado para pesquisa e formação acadêmica), os doutorados e pós-doutorados, ou seja, são áreas mais voltadas para a pesquisa e a formação de professores universitários. No segundo grupo, estão as especializações e as MBAs que são mais direcionadas para o aperfeiçoamento profissional. Todas as áreas citadas são importantes, mas cada uma possui um objetivo diferente. Se o aluno gosta muito de estudar, deseja seguir carreira acadêmica e tem disponibilidade para se dedicar aos estudos, é interessante que ele faça uma pós-graduação stricto sensu. Porém, se o aluno não gosta tanto de estudar, não quer seguir carreira acadêmica e não tem tanto tempo disponível, é indicado que ele faça uma pós lato sensu.




Conclui-se, portanto, que todas as profissões e áreas citadas são possibilidades de carreira que o professor pode seguir. Ser professor não é “só” formar crianças e estar presente na sala de aula; ser professor é muito mais do que isso: é também formar jovens e adultos e perceber que a educação chega em lugares que nunca imaginamos. Por isso, essa profissão deve ser cada vez mais incentivada e valorizada e é por esse objetivo que nós lutamos.



Sites usados como referências na elaboração desta publicação (seguindo a ordem dos temas abordados no texto):

https://www.guiadacarreira.com.br/profissao/pedagogia/


https://www.unicesumar.edu.br/blog/areas-atuacao-curso-de-pedagogia/


https://blog.unyleya.edu.br/guia-de-carreiras/licenciatura-em-letras-entenda-o-mercado-de-trabalho-para-o-profissional/


https://www.profissionaisti.com.br/ja-pensou-em-ser-professor-sabe-o-que-e-necessario-para-lecionar/#:~:text=Para%20lecionar%20no%20ensino%20m%C3%A9dio,ela%20%C3%A9%20p%C3%BAblica%20ou%20particular.


. . .


Essa iniciativa surge com intuito de valorizar a educação e as universidades. O nosso post educacional ocorre mensalmente aqui no blog. Com ele, a Odisseia tem como objetivo apresentar o que é produzido nas universidades, além de incentivar a entrada nelas. Acreditamos na mudança por meio da educação, assim essa é a nossa pequena contribuição para a valorização do nosso futuro!

Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP