ESCRITA CRIATIVA: Os elementos para criar um bom suspense

Atualizado: 6 de Ago de 2019



Não é preciso de monstros marinhos, carnificina e serial killers para criar um suspense. O gênero suspense é amplo e complexo, pode se desenrolar de diversas formas e com diferentes tipos de narradores e personagens. O que importa é a capacidade do autor de apresentar e desenrolar um mistério, algo que gere desconforto enquanto progride para um final surpreendente.


O tipo de narrativa

Primeiro, tenha em mente o tipo de narrativa que você pretende desenvolver. O gênero suspensa possui diversos subgêneros: mistério, policial, psicológico, sobrenatural, etc.

O próximo passo será o mais importante.

Dificilmente uma história de suspense de desenrola sozinha, ela é fruto de muita preparação e planejamento estratégico do autor. Por isso, é muito importante que todas as questões, mistérios e perguntas sejam previamente pensados e avaliados pelo autor. Nesse gênero literário, as perguntas e respostas são tão importantes quanto os personagens. O enredo será consequência delas.


Perguntas e respostas

Após passar a fase dos planejamentos, é interessante que o escritor tenha em mente que as respostas para algumas perguntas venham atrasadas. Não estamos nos referindo apenas ao “grande mistério” que provavelmente será o motivo de toda a história, mas as pequenas perguntas, os pequenos mistérios, coisas que enganam e chamam a atenção do leitor.

Depois de decidir os mistérios e respostas, ocupe-se em desenvolver o narrador, pois ele é importantíssimo para a construção do suspense.

Dê preferência por construir narradores personagens, pessoas que façam parte da narrativa, mesmo que não seja o protagonista. Até podem ser criados mais de um narrador, porém, evite de qualquer forma o narrador onisciente, aquele que sabe de todos os enlaces que você tão cuidadosamente pretende esconder para surpreender o leitor.

Se optar por narradores múltiplos, tome muito cuidado ao mudar o ponto de vista entre eles. Entrar na cabeça de diferentes personagens até ajuda a um criar interesse do leitor, mas tudo deve ser feito com bastante cautela. É desinteressante quando um personagem quebra a cadeia do suspensa e revela os próximos passos de outro.



Cenário e contexto

Passado a fase de estruturar o narrador, tenha em mente o cenário, a linguagem e o contexto de sua obra. Na criação de suspense, a linguagem é essencial, pois é uma importante ferramenta na hora de criar a atmosfera da obra, é muito fácil que algo fora de contexto prejudique a atenção e o interesse do leitor.





O que mais posso fazer para criar suspense?

Bom, não tenha medo de enganar o leitor, seja audacioso. Por exemplo, ao criar um lugar confortável para o personagem, não o deixe lá por muito tempo, crie desconforto, surpreenda o protagonista, destrua o que o leitor sabe sobre ele, deixe que os papéis de “vilão” e “mocinho” sejam fluídos, evite estereótipos de suspense e clichês super utilizados.

Existem vários fatores famosos no suspense, como o “trabalhar contra o tempo”, restringir a narrativa a pressa dos personagem em resolverem as questões e mistérios levantadas pelo autor. Tal prática já se tornou quase um clichê, mas ainda é um clichê bem vindo quando bem construído.


E a ironia dramática, pode? Com certeza!

A prática de revelar segredos apenas para o leitor, enquanto a visão do personagem permanece nublada, pode ajudar a construir um novo tipo de mistério. A questão deixará de ser o “segredo” e se tornará “quando”, quando o personagem descobrirá tudo o que está acontecendo.

E, por final, tente desenrolar mais de uma tensão, sem que haja muito desfoque da trama principal. Por exemplo, alguém pode ter sido assassinado, o personagem principal precisa descobrir quem foi, mas ao mesmo tempo, uma ameaça que ponha sua vida em risco aparece, ou então algo muito estranho e inesperado sobre o seu passado vem à tona, e de repente você percebe que realmente não conhece o personagem de verdade. Surpreender o leitor é bem mais do que escrever cenas de descobertas mirabolantes, é mais do que solucionar mistérios. A partir de todas essas dicas, o suspense começará a nascer, cabe ao autor filtrar suas ideias e entender do que o seu texto realmente precisa.


Gostou das dicas?

A odisseia oferece serviços de tutoria em escrita criativa, onde acompanhamos e direcionamos autores durante a escrita da obra, auxiliando nas dúvidas de escrita e ajudando as ideias a saírem da cabeça e partirem para o papel. Venha dar uma olhada e já passe para checar nossas outras redes sociais!

Confira os nossos serviços:

https://www.odisseiaconsultoria.com/tutoria-escrita-criativa

Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP