Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP

(19) 996 356 627

QUINTA GRAMATICAL: Eufemismo


Nessa Quinta Gramatical vamos falar sobre o eufemismo.


Essa figura de linguagem consiste na troca de palavras e/ou expressões por outras consideradas mais agradáveis, com o objetivo de suavizar temas e evitar a rudeza.


O eufemismo pode ser utilizado para dar um traço cômico à mensagem ou amenizá-la para evitar situações dramáticas que poderiam levar ao mal-estar de alguém.


Essa substituição também pode ser usada para referenciar-se a divindades sagradas, cujos nomes, segundo os adeptos de uma religião em questão, não devem ser pronunciados em vão ou nunca.


Segue exemplos:

"…Era uma estrela divina / Que ao firmamento voou." 

- Álvares Azevedo, Anjinho


"Alma […], que te partiste / Tão cedo desta vida … / Repousa lá no Céu … / E viva eu cá na Terra sempre triste." (Versos que falam sobre a morte de alguém de forma afetuosa)

- Camões


" Verdades que esqueceram de acontecer." (=Mentiras)

- Mário Quintana


"Para o porto de Lúcifer." (Porto de Lúcifer = inferno)

- Gil Vicente


Vale ressaltar que expressões carregadas de ironias não são eufêmicas!


Essa Quinta fica por aqui, até a próxima.