QUINTAS GRAMATICAIS: A ver x Haver


Olá, pessoal!


Hoje vamos discutir sobre duas palavras homófonas, ou seja, que têm o mesmo som, porém têm grafias diferentes. São elas: a ver e haver.


Quando alguém se depara com uma situação que não se assemelha em nada com a realidade, pode exclamar: “isso não tem nada a ver!”. Nesse contexto de uso, de ter relação com algo, a escrita correta é “a ver”. Confira outro exemplo:

A alegria dela tem a ver com a sua família que veio visitá-la.


Por outro lado, ter haver é utilizado no sentido de ter que receber algo, ter um crédito. É também comum a expressão ficar em haver, com o mesmo sentido. A fim de ilustrar melhor:

Aquelas maçãs ficaram em haver, ele passará amanhã para pagar.


Cuidado! Às vezes a grafia correta só vai ser detectada de acordo com o contexto uma vez que sem ele as frases podem ficar ambíguas, como em:

Minhas contas estão em dia, não tenho nada haver. - O sujeito não deve nada ou será que há alguma outra situação no banco, a qual ele não tem nenhuma relação?


Lembre-se que a Odisseia oferece serviço de revisão textual, garantindo serviço de qualidade e um texto gramaticalmente correto!


É isso, pessoal! Até a próxima quinta!

Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP

(19) 996 356 627