Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP

(19) 996 356 627

QUINTAS GRAMATICAIS: Paronomásia

Atualizado: 30 de Mar de 2019



Pronto pra embarcar em mais uma Quinta Gramatical e aprender (ou relembrar) outra figura de linguagem que pode te ajudar a enriquecer seus textos? O tema dessa Quinta é a Paronomásia, da classe das figuras de som, porque, assim como a Aliteração e a Assonância, “brinca” com o som das palavras.

A Paronomásia trata-se da utilização de palavras com som e escrita semelhantes (mas não iguais!), porém com significados distintos, também conhecidas como parônimos.

Exemplo de palavras parônimas:

  1. acidente e incidente

  2. cumprimento e comprimento

  3. fluvial e pluvial

  4. tráfego e tráfico

  5. dilatar e delatar

A Paronomásia pode ser utilizada com os mais diversos objetivos, como por exemplo, introduzir duplo sentido na frase, ou até confundir o leitor.

Confira alguns exemplos dessa figura de linguagem em frases:

“Aquela estrela é dela, Vida, Vento, vela, leva-me daqui” (Raimundo Fagner)
“Berro pelo aterro, pelo desterro, Berro por seu berro, pelo seu erro, Quero que você ganhe, que você me apanhe, Sou o seu bezerro gritando mamãe” (Caetano Veloso)

Incrível, não é mesmo?

Não esqueça de seguir a Odisseia no Facebook e Instagram para não perder nenhuma dica de gramática!