Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP

(19) 996 356 627

RECOMENDAÇÃO: Fangirl e Carry On, de Rainbow Rowell

Queridos pelo mundo todo, os livros de Rainbow Rowell são doces, trágicos e sensíveis.

A recomendação dessa semana é dupla, dois livros completamente diferentes com personagens diferentes em universos diferentes, mas que se conectam...

Confuso? Nós vamos te contar tudo sobre o universo de Fangirl (2013) e Carry On (2015).

Em Fangirl, nos deparamos com um cenário muito comum de nosso cotidiano: Cath, a protagonista, é fã de Simon Snow (nosso equivalente, literalmente, de Harry Potter). Todo mundo é fã de Simon Snow, um bruxo adolescente escolhido para salvar o mundo, arqui-inimigo de seu colega de quarto, Baz Pitch.

Ser fã desses livros é o que torna a história de Cath tão especial, nos identificamos com todo o amor e carinho que a personagem tem pelo universo de Simon Snow, nos comparamos com coisas que também amamos e fomos fãs desde criança.

Quando Cath se muda para o dormitório da faculdade, sozinha pela primeira vez, sem a irmã gêmea, ela se vê tendo que crescer, imediatamente, sem nenhum aviso ou preparação.

Isso significa que ser fã de Simon Snow deve ficar para trás? Ela deve focar em outras coisas e abandonar hábitos que amava? Não vamos dar spoiler!



Sinopse Fangirl:



Cath é fã da série de livros Simon Snow . Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve um fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de zonforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?



Então como Carry On, um livro completamente diferente, com outros personagens em outro universo, se liga a Fangirl e a Cath?

Quando terminou de escrever Fangirl, Rainbow Rowell sentiu que tinha terminado a história de Cath, estava tudo fechado e concluído, perfeito. Mas ainda assim, a autora não conseguia descansar. Acidentalmente, ela havia criado outro universo, um que se parece com o outro que conhecemos.

Em 2015, ela lança Carry On, sua própria versão de Simon Snow. Não a fanfic escrita por Cath em Fangirl, nem os livros da autora fictícia Gemma T. Leslie (quase J.K Rowling), mas a versão de Rainbow Rowell, como ela queria que Simon e Baz fossem, e diferente do que se espera, de Harry Potter os dois não tem nada.

Simon é sim o escolhido, mas é o pior escolhido que já viveu, não tem controle nenhum de seus poderes, que simplesmente explodem quando ele não está esperando.

Quando seu aqui-inimigo e colega de quarto, não aparece para o início das aulas, Simon se descontrola de preocupação, já que Baz é desprovido de boas intenções e qualquer bondade, com certeza está aprontando algo.

Claro que a obsessão de Simon por Baz tem outros motivos. Mas não vamos dar spoiler.

Carry On foi um sucesso entre os fãs da autora, sendo considerado por muitos como um dos melhores livros escrito por ela. Novamente, Rainbow Rowell sentiu que faltava algo, e não descansou quando terminou o livro. Em setembro de 2019, a autora lançará Wayward Son, continuação direta de Carry On. O livro ainda não tem data de estreia definida para os solos brasileiros.


Sinopse Carry On:


Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido. Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior escolhido que alguém já escolheu. Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir controlar sequer sua própria varinha, Simon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo. ''Carry on'' é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar de uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.




Gostou da nossa recomendação? A Odisseia Consultoria produz diversos conteúdos assim. Acesse nosso Instagram e Facebook e fique de olho em dicas de gramática, escrita criativa, notícias do mundo literário e muito mais recomendações!