Stranger Things: Raízes do Mal


Stranger Things é uma das séries de maior sucesso da atualidade devido, principalmente, à sua capacidade de agradar pessoas de todas as idades: os mais velhos pela nostalgia e os mais novos pela representação da infância. Sua terceira temporada foi lançada em julho desse ano (2019) e, junto dela, foi lançado também o primeiro livro oficial da série, intitulado Raízes do Mal, em inglês Suspicious Minds.


O enredo explora o passado de dois dos personagens mais enigmáticos da produção: Terry Ives, a mãe de Eleven, e o dr. Martin Brenner, o homem que separou as duas.


Na década de 1960, os Estados Unidos estão passando por mudanças políticas e socias, e Terry Ives resolve se voluntariar para participar de um projeto ultrassecreto do governo chamado MKULTRA, realizado no laboratório de Hawkins, a fim de movimentar sua vida e tornar-se um nome na história do país.


O projeto MKULTRA aconteceu na vida real. Era conhecido como "o programa para controlar mentes" e foi responsabilidade da CIA entre os anos 1953 e 1973. A iniciativa consistia em testar drogas psicotrópicas em indivíduos - maioria não voluntária - na busca por substâncias que aumentassem a percepção humana, controlassem a memória, deixassem soldados mais resistentes, entre outras coisas.


A autora, Gwenda Bond, é conhecida pelos seus livros infantis e juvenis, em que mistura elementos sobrenaturais, magia e protagonistas femininas imbatíveis. Ela é formada em jornalismo e com mestrado em escrita criativa (tutoria oferecida pela Odisseia) pela Vermont College of Fine Art, Bond já escreveu para veículos de destaque, como Los Angeles Times e Publishers Weekly.

Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP