Um poema recitado em vídeo

A ascensão da tecnologia mudou como nos comunicamos, quão rápido temos acesso a informações e quem pode fornecer tais informações. Mas além de ter feito alterações na nossa realidade — muitas alterações, quase impossíveis de serem todas citadas — a tecnologia também permitiu que a literatura ocupasse diferentes espaços.


A ocupação desses espaços não só amplia o acesso aos textos, mas também altera a nossa maneira de ler, interpretar e internalizar obras. As palavras, graças à tecnologia, podem ser acompanhadas não somente de imagens estáticas, mas de vídeos, sons, música, e cada detalhe pode mudar nosso contato com a literatura.

Marília Garcia é escritora, tradutora e editora brasileira e graças a seu canal no youtube, seus poemas ganham diferentes dimensões ao serem recitados em vídeo, acompanhados de fotos, vídeos e até mesmo legendas. Não apenas podemos ler seus poemas, como podemos ouvi-los na voz da própria autora, fator que se alinha com o interesse da autora pela vocalização dos poemas e seus aspectos sonoros, recitados, falados em voz alta.


Escute e veja o poema "A poesia é uma forma de resistores?", de Marília Garcia, neste vídeo.


Imagem retirada do site Companhia das letras

Marília Garcia tem vários livros publicados, como 20 poemas para seu walkman (2007), uma coletânea solo, a antologia A poesia andando: treze poetas no Brasil (2008), que reúne poemas de Garcia e Valeska de Aguirre, Engano geográfico (2012), um livro de poema longo e narrativo, Um teste de resistores (2014), uma coletânea solo de três poemas longos, Error geográfico: entre resistores (2015), uma antologia que reúne Garcia e Victor Henringer, Paris não tem centro (2016), um poema longo, e seu mais recente livro, Câmera lenta: poemas (2017), uma coletânea solo que recebeu o Prêmio Oceanos em 2018.


Você pode acessar o canal do youtube de Marília Garcia por aqui.





. . .


Literatura acessível é um projeto da Odisseia Consultoria que tem como objetivo contribuir para a ampliação do alcance da literatura no Brasil, assim como a disseminação da produção literária de autores e autoras em todo o país. Para tanto, todas as sextas-feiras, a Odisseia divulga textos literários disponíveis na internet para acesso gratuito. Porque nem sempre é possível adquirir material literário por meios convencionais, mas não deveria ser necessário ter dinheiro para poder apreciar literatura. É um passo pequeno, mas é um começo. Se inscreva no nosso blog e faça parte dessa iniciativa!

Odisseia - consultoria literária e linguística

Rua Sérgio Buarque de Holanda, 571 Campinas, SP

(19) 996 356 627